O setor automotivo é um dos mais avançados e sofisticados setores industriais do mundo. Eles têm uma infinidade de normas de segurança, dentre as quais, os testes de colisão têm um papel fundamental.

Testes de colisão em veículos não são apenas sobre a segurança dos passageiros, mas também do condutor, o que assegura um sistema de transporte seguro para todos os utilizadores das estradas. O teste analisa evitar possíveis colisões ou para diminuir a intensidade do impacto em caso de acidente.

A segurança dos ocupantes veículo impacta diretamente na qualidade do modelo do veículo no mercado. Quanto mais ele é resistente a colisões, mais vendas terá. Por isso, atualmente, as empresas produtoras de automóveis estão incorporando a mais alta tecnologia de prevenção de acidentes em seus produtos.

Os testes de colisão são conduzidos em locais designados, com o uso de um manequim equipado com instrumentos que medem a força de impacto. As instalações de ensaio imitam todas as condições típicas das colisões da vida real. Os testes tornaram-se parte integrante do procedimento de homologação do veículo a fim de avaliar se o modelo do carro atende às normas de segurança.

Um teste de colisão inclui três frentes: o teste de colisão frontal, o colisão traseira e o “rolo”. Um teste de colisão frontal simula impactos frontais a uma velocidade específica, com o impacto a ser medido por uma unidade de teste. Em alguns casos, há uma segunda parte, no sentido de “submarino”, que simula o impacto do assento no cinto de segurança com o banco.

A colisão traseira, por sua vez, destina-se à avaliação do aparato para proteção de pescoço e coluna vertebral, bem como o equipamento para a absorção de energia do impacto.

A rodagem do veículo, ou “rolo”, é outro teste importe, uma vez que permite avaliar o comportamento dinâmico do veículo em curvas e a sua estabilidade a altas velocidades.

Os resultados dos testes são avaliados para permitir que os fabricantes de automóveis aprimorem o design dos veículos e garantam que os veículos vendidos cumpram todos os padrões de segurança. Essas informações são divulgadas amplamente na imprensa especializada, permitindo que os compradores possam escolher conscientemente o modelo mais seguro.

Conclusão

Os testes de colisão automotiva trazem uma importante mudança no setor automotivo, pois possibilitam que as indústrias do ramo construam veículos mais seguros para todos os clientes. Por meio de um sistema rigoroso e sofisticado, os testes imitam as condições da vida real, permitindo aprimorar o aparato de segurança de cada veículo. Além disso, os testes garantem que os automóveis vendidos cumpram todas as normas de segurança necessárias, o que influencia diretamente na satisfação e segurança do usuário.